segunda-feira, 14 de Abril de 2014

segunda-feira, 7 de Abril de 2014

quinta-feira, 3 de Abril de 2014

Naked tree

Árvores. Nuas.
Despidas de preconceitos ou antes, despidas de pudor.
Ou apenas esperando a primavera para se vestirem de cor e luz.






sexta-feira, 28 de Março de 2014

O incerto pela certeza

Hoje, num supermercado na região.
Entrei e numa venda de livros usados, o primeiro contato foi com uma oferta de "resposta a tudo".
Não fui na conversa. Ninguém tem uma resposta para tudo. 
Avancei e vi que a proposta do "incerto" era muito mais aliciante.
Comprei. 






quarta-feira, 26 de Março de 2014

Máscaras

Montalvo, Constância.
Desfile de carnaval. 
Alguns apontamentos fotográficos.








terça-feira, 25 de Março de 2014

Fim de tarde

Fotografia de fim de tarde, numa estrada de acesso à vila de Sardoal.



segunda-feira, 24 de Março de 2014

Talvez....

Talvez com o tempo, nós vamos podendo ver as mesmas coisas, os mesmos locais, as mesmas pessoas, os mesmos hábitos ou as mesmas rotinas, mas de formas diferentes.

(Moinhos de Entrevinhas - clicar nas fotos para ampliar)



segunda-feira, 17 de Março de 2014

sexta-feira, 14 de Março de 2014

Paisagem

A abordagem à paisagem difere entre cada pessoa, de acordo com as suas escolhas. 
E difere também consoante o que cada um queira que ela seja.
De qualquer forma uma paisagem tanto pode ser bela ao final do entardecer como ao inicio do anoitecer.

(Clique para ampliar)





domingo, 23 de Fevereiro de 2014

Alma Lusa

Quer nos apeteça ficar, quer nos sobressalte a vontade de partir, interessa apenas que nos sintamos vivos. 


sexta-feira, 21 de Fevereiro de 2014

Coisas simples

Nada de complicações, de significados profundos, de leituras complexas.
Apenas a simplicidade do olhar.
Por vezes sabe bem ser apenas assim.
Simples.





quinta-feira, 13 de Fevereiro de 2014

Perspetivas

Sardoal. 
Duas perspetivas diferentes em muitos detalhes, mas que juntas se complementam. 




quarta-feira, 12 de Fevereiro de 2014

terça-feira, 4 de Fevereiro de 2014

Oxalá


Oxalá te pudesse chegar
 e deixar-me levar pela tua magia,
pela tua beleza.
Oxalá pudesses ouvir,
as palavras surdas
que tento dizer-te.
Oxalá pudesses ver
o quanto as nuvens te escondem 
e o bom que seria
que pudesses vir por aí abaixo
e me deixasses olhar-te de perto
muito de perto
até me perder...
Oxalá....

(clique na foto para ampliar)

terça-feira, 28 de Janeiro de 2014

Fotografia de cena

Fim de semana de trabalho e prazer, quando uma coisa quer dizer a outra.
Decorreu no Sardoal o XII Fórum Permanente de Teatro, uma iniciativa da Federação Portuguesa de Teatro. 

Mais de 150 pessoas de vários grupos de teatro do país passaram um fim de semana no Sardoal, por entre formação, divertimento e muita entrega ao que os fez estarem por cá, o teatro.

Foi a primeira vez que a fotografia foi tratada como uma área a necessitar de mais atenção, não só pela parte técnica mas também pela parte do comportamento do fotografo perante uma plateia que pagou para ver um espectáculo e que não deve ser incomodado com o flash das máquinas, nem com o inoportuno "click" numa altura de intensa dramatologia.
Foi bom dirigir este painel de fotografia de cena.

Também foi bom conhecer António Torrado, um autor de grande qualidade e com histórias interessantes que me lembro de ter contado aos meus filhos enquanto crianças. 

Valeu a pena. Fiquei com a alma cheia.
Parabéns Federação, parabéns Getas.
E ainda me restou um tempinho para fazer uma espécie de reportagem.