domingo, 11 de julho de 2010

Sem noção

Já referi aqui a evolução do trabalho de "Deolinda", em Mação.

E lembro-me de uma música nova que achei muito interessante.

Falava sobre o amor.

E sei o que muitos estão a pensar neste momento, de certeza: Está para aqui este gajo com estas merdas... e eu que só vinha aqui ver se aparecia nalguma fotografia...

Desculpem-me essas pessoas

Apenas pretendo homenagear o coitado, o amor... que já deve ter estado internado várias vezes nos cuidados intensivos de todo o país por ser tão maltratado nas Festas de Verão com os "Gracianos" que andam por aí...

É que conheço musicas tão interessantes que "cantam" o amor que não tenho dúvidas em incluir esta nova da "Deolinda" na minha listagem. Para mim constitui um abordagem simples, inteligente e profunda.

Deixa-me na duvida se o signo do amor é universal, individual ou se o podemos programar para durar "X" tempo...

video

Quantas vezes julgas alguém por julgar ter mais do que tem e não ter a noção de si? Tu não tens a noção de ti. Quantas vezes queres e não tens? Tantas vezes tens e detens a noção do que tens aí. Tu não tens a noção de ti e perdeste a noção de mim. Tu não tens noção do que tens, de quem és, de quem sou para ti. Tu perdeste a noção de quem gosta de ti, gosta de ti, sem a noção do que o amor tem.. Tantas vezes penso que tens a noção de eu ser desses bens que detens só porque enfim.. Tu não tens a noção de mim. Tantas vezes quis ter também e aprendi não tendo ninguém só meu que eu devolvi? Tu não tens a noção de mim e perdeste a noção de ti. Tu não tens noção do que tens, de quem és, de quem sou para ti e tu perdeste a noção de quem gosta de ti, gosta de ti, sem a noção do que o amor tem.. gosta de ti, sem a noção do que o amor tem fim .

Sem comentários:

Enviar um comentário